Boletim Verão / Versão 2015

Boletim Essências Florais – Ano 3- Edição nº 8 – Verão
Neste boletim
Artigo por Regina Celia de Freitas
Novo Serviço: Loja Virtual

Do Jardim da  
Essências Florais  

para Você

Sabina Pettitt 
Essências do Pacífico
no Brasil
Criatividade como um Caminho
 
Por Cynthia Accioly Abu Asseff

 

A noticia hoje nos chega em tempo real. Informações sobre o terrorismo, corrupção e todos os horrores do mundo nos assolam. Como pessoas comuns podemos nos sentir impotentes frente a estas questões.

 

A onda de pessimismo e negatividade vem como um tsunami e parece quase impossível não ser engolido por ela.

 

Além de lidar com a própria sombra nos vemos agora também envoltos pela grande sombra da humanidade. A verdade é que nossas sombras – a pessoal e a da humanidade – sempre foram uma só.

  

Escolhendo um Caminho


O que nos resta? 

 

Nos deixarmos ser engolidos e vivermos este pessimismo como nossa realidade é uma possibilidade. A revolta é outra. Medo e desesperança também fazem parte do leque de possibilidades.

 

Analisando o cenário escolho o caminho da Criatividade.

 

Inventando Moda 

 

Manter o foco e as escolhas centrados em ações criativas.

“Inventando moda”, como diziam os mais velhos quando a gente ainda criança ou jovem, queria fazer coisas diferentes.

 

Tento investir minha energia criativa em atividades que irão beneficiar as pessoas e ao mesmo tempo manter meu espírito elevado.

 

Cada detalhe na criação será cuidado como se fosse o todo dela.

 

O Pequeno Bem que Muda o Mundo

 

 

Ações criativas são um banho de amor luminoso para nós mesmos e as

outras pessoas, em tempos em que o mundo se turva!

 

Encorajo meus pacientes a entrarem no mesmo movimento, sabendo que o pequeno bem que a gente faz, ao final, é o que muda o mundo!

  

Com o Apoio das Flores

 

As essências florais apoiam este processo lindamente

 

Aqui algumas sugestões: 

  • Bog Rosemary (Alaska) – indo além do próprio medo e confiando no que está por vir
  • California Wild Rose (Califórnia) – energia vital, amor e entusiasmo para lidar com as tarefas da vida diária
  • Iris (Califórnia) – inspiração e um compartilhar criativo das forças da alma
  • Turkey Bush (Austrália) – reconhecer, acreditar e usar seus potenciais criativos
  • Little Flannel Flower (Austrália) – confiar nos anjos e na magia da vida, mesmo em tempos de notícias tão sombrias
  • Yarrow (Califórnia) – permanecer consciente de sua individualidade, do seu Self, sentindo-se protegido
  • Blazing Star (Califórnia) – união alquímica entre os elementos de alma da água feminina com o fogo masculino, acordando a força da vontade criativa
  • Fairy Bell (Pacífico) – para livrar-se dos pensamentos obscuros com a leveza do coração

 

Crédito das imagens:

Fairy Bell – por Sabina Pettitt

Califórnia Wild Rose, Blazing Star e Yarrow – por Richard Katz

Little Flannel Flower  - por Ian White

Bog Rosemary – por Steve Johnson

  

  Cynthia Accioly Abu Asseff

é terapeuta floral e educadora na área de estudos das essências florais; dirige a Essências Florais, importadora de florais e organizadora de eventos nacionais e internacionais sobre terapia floral. Professora convidada da Pós

 Graduação em Terapia Floral da Faculdade de Enfermagem da USP, da UFRJ e Anhembi Morumbi. Coordena também os grupos de professoras autorizadas da Flower Essence Society e das Bush Flower Essences of Australia no Brasil.

  

 


 

Entre flores e cores a alma fala – por Regina Celia de Freitas

Regina Celia de Freitas é pós graduada em Terapia Floral pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (IBEHE/UERJ), é também astróloga, arteterapeuta e coach pessoal e profissional.

 

Vem utilizando as essências florais em sua prática terapêutica há mais de 15 anos.

 

Atua na área de ensino há mais de 25 anos. Professora autorizada da Flower Essence Society e pelo Sistema Floral de Saint Germain, é também Practitioner certificada pela Desert Alchemy Flower Essence.

 

Autora e Professora do curso: Vivenciando os Florais de Bach. Idealizadora do Workshop: Arteterapia, Florais e os Quatro Elementos, Autora do artigo “Essências Florais e Arteterapia, uma parceria que dá certo” no Caderno da AARJ, vol 2, 2011, Ed WAK

  


“Se um pinguinho de tinta cai num pedacinho azul do papel…


Num instante imagino uma linda gaivota a voar no céu …”

Toquinho e Vinicius 

Há alguns anos venho agregando, nas sessões com alguns clientes, o uso de técnicas expressivas à minha prática com as essências florais, e considero serem ambos, recursos preciosos que possibilitam um processo consciente de transformação e de evolução do Ser. Por facilitarem o diálogo entre o inconsciente e o consciente, permitem entrar em contato com a essência do Ser, despertando-a, resignificando conteúdos psíquicos já existentes, transformando-os e integrando-os à consciência, tornando possível o conhece-te a ti mesmo e cura-te a ti mesmo.

 

Num modelo de mundo onde se privilegia o mental, é frequente que muitas das pessoas que nos procuram buscando apoio para lidar com males físicos, mentais e/ou emocionais cheguem ao consultório com um discurso lógico, bem conduzido, repleto de “se isso então aquilo”, na tentativa de uma fala que ofereça explicações racionais que justifiquem as emoções e/ou ações.

Mas na maioria dos casos é necessário despertar para um novo olhar sobre si mesmo, e sobre o mundo a sua volta. Permitir-se visitar com coragem e ousadia o território interior. Toda a jornada pode ser feita com alegria, mas é importante usar uma linguagem que permita que a alma fale, e é aqui que as essências florais e as técnicas expressivas entram como grandes aliados.

  

“Outro grande fator de sucesso é que precisamos gostar da vida e olhar para a existência não apenas como um dever a ser cumprido e sim desenvolver verdadeira alegria pela aventura de nossa jornada por este mundo”. (BACH, Escritos Selecionados, 1995:87)   

                      

A psique por sua natureza se expressa através de uma linguagem simbólica. A palavra símbolo significa, etimologicamente “aquilo que une”. Na psicologia o símbolo liga as partes do sistema inconsciente/consciente, sendo o elemento principal para compreender como essas partes se comunicam.

Ao deixar-se guiar pelas imagens interiores, e sendo oferecido o material adequado para que a psique produza os símbolos, vai se estabelecendo o dialogo do inconsciente com o consciente, e o que era invisível torna-se visível, possível de ser resignificado e integrado à consciência.

Cabe ressaltar que o significado do símbolo é próprio para cada pessoa e especifico do momento que ela está vivendo. Assim um livro, considerado como um símbolo, por exemplo, pode representar para uma pessoa as viagens que ela fazia dando vida às suas fantasias, e assim estar associado a uma imagem interna de prazer e alegria. Para outra, o livro pode estar associado a uma imagem interna de solidão e abandono, pela ausência do pai que dedicava todo o seu tempo ao trabalho.

 

São inúmeras as possibilidades que um ser humano tem para exercitar sua expressão criativa. Segundo Winnicot, “A criatividade é o que faz com que o indivíduo sinta que a vida vale a pena ser vivida”. A criatividade é a possibilidade de encontrar novas formas de resignificar algo já existente, de deixar expandir sentimentos e pensamentos em uma forma mais livre.

Iris cortada Quando falo sobre o despertar da criatividade que pode ser trazido para as sessões, com o apoio das essências, dos materiais apropriados e das técnicas para utilizá-los; não estou falando de Arte propriamente dita e nem tão pouco do simples uso de técnicas e materiais aleatórios, e sim da construção de um processo que visa o crescimento do individuo, onde os recursos e as técnicas adequadas dão voz ao que já existia de forma inconsciente; são facilitadores para que a psique fale, cante, expresse todo o conteúdo que de outra forma não conseguiria expressar.  


Existe toda uma fundamentação teórica para escolha do material adequado ao tema trazido pelo cliente. Alguns tem resultado bem mais previsível, com outros é impossível se controlar ou planejar o resultado.  Por vezes é preciso usar uma tinta que facilite o exercício “do deixar fluir”, do aprender a lidar com o inesperado, com a possibilidade de lidar com algo que não pode ser controlado. Em outras situações é necessário dar forma e continente ao que já brotou. 


 “Conheça todas as teorias, domine todas as técnicas,

mas ao tocar uma alma humana seja apenas outra alma humana.”

                                      Carl Gustav Jung  

Trabalhar a rigidez e a flexibilidade, o controle e a entrega, ousar trazer o não usual, desvelar o que está oculto pode trazer desconforto e até mesmo resistência por parte do cliente. Cabe ao


terapeuta acolher e respeitar o tempo do processo de cada cliente.

 



Faz-se importante também que o terapeuta em seu processo pessoal, tenha utilizado os materiais e vivenciado as técnicas que propõe para seu cliente. 


 

Certa vez ao perceber a dificuldade de uma cliente em entrar em contato com o que realmente a estava incomodando, usei como recurso a leitura de um pequeno conto e em seguida propus um trabalho plástico de confecção de uma máscara utilizando recorte e colagem.

Ao dialogar com a imagem construída por ela mesma, ela concluiu: “mesmo que me esforce para sorrir, meu coração chora. Acho que já consigo dar nome a cada uma dessas lagrimas”. Conversamos sobre a essência Agrimony que ajuda a reconhecer e trabalhar a dor emocional possibilitando a verdadeira alegria, autenticidade e paz interior.

 

Assim, o uso das técnicas expressivas é um potencial recurso de apoio ao processo de transformação pessoal. A intervenção com os diversos materiais e técnicas, em parceria com a terapia floral vem acolher, despertar e expandir as qualidades e potenciais inatos, atuando como 


agente de crescimento pessoal e de elevação da consciência, tornando possível escrever e realizar o mito pessoal.

 


 

 Minha vida é a história de um inconsciente que se realizou.”

                                                             Carl Gustav Jung 


 







Crédito das imagens:

Trabalhos artísticos – Regina Celia de Freitas
Iris – Richard Katz

Turkey Bush – Ian White

Entrevista 
Pérolas do nosso Facebook
Fórmulas Florais do Alaska com Desconto

 Durante o mês de março na compra do 
de R$28,10 por R$23,80 / cada




Para adquirir estes florais com desconto, ligue para:          

11 5531-7518 ou envie e-mail para  

 

Ou vá direto para nossa Loja Virtual


Novo Serviço: Loja Virtual


Neste mês de março, a Essências Florais iniciou mais um serviço em nome da terapia floral.

Nossa Loja Virtual abre suas portas com alguns florais com desconto e pouco a pouco nossos clientes poderão encontrar os demais produtos, com a vantagem de pagamento através do PagSeguro.

Conheça aqui: www.eflorais.com.br

A Essências Florais continua atendendo você também através do telefone 11 5531-7518 e info@essenciasflorais.com.br

Florais em Casa – Manipulação de Florais
                                                                                       null
O serviço Florais em Casa manipula seus florais e entrega na sua casa.
12 3958-4543

 

Fale conosco
Essências Florais                                              
Rua Álvaro Rodrigues, 416 – casa 1 – Brooklin
04582-000 – São Paulo – SP
11 5531-7518