Boletim Outono / Versão 2014

Do Jardim da  
Essências Florais  
para Você

flor
  
O Outono aqui na Essências Florais foi um tempo de reformas…
 
Tivemos que refazer o teto em várias de nossas áreas de trabalho. Reforma é um transtorno, você há de convir…

Por mais que a equipe de pedreiros e marceneiros fosse da melhor qualidade, a presença de pessoas diferentes, o barulho do quebra-quebra, a poeira, tudo isso acontecendo sem que interrompêssemos o serviço de levar os florais ao nosso público, foi bem desafiante.
 
Sentada no banco do nosso jardim, de onde sempre escrevo esta coluna para você, olho para o gramado e vejo verdadeiros “caminhos” que se formaram aqui e ali, pela passagem dos pedreiros…
 
A reforma já terminou e ficou ótima!!! E agora que tudo já retomou seu devido lugar vou cuidar do jardim, chamar nosso jardineiro, adubar, afofar algumas áreas, podar algumas plantas, tirar as ervas daninhas… E vou jogar muito floral por tudo aqui!

Flores magentas são as minhas escolhidas para cuidar do solo e das plantas ressentidas: Fireweed, curando o trauma;Self Heal
, ativando as forças de auto-cura;Shooting Star, confortando;Echinacea, acionando os potenciais de resiliência através do amor!

Enquanto você desfruta deste novo Boletim, eu vou buscar meu regador!!!  
 
Com todo carinho sempre,
 
Cynthia Accioly Abu Asseff
 

echinacea

 

Steve Johnson 
no Brasil
 24/09
em São Paulo
 
de 26 a 28/09  
em Campos do Jordão
  
Inscrições:
 
Essências Florais
11 5531-7518 
 
 

 
04 e 05/10
no Rio de Janeiro
 
Inscrições:
 
RioFlor
21  2285-8865

Dançando com a vida
 
Por Cynthia Accioly Abu Asseff

 

Reluto em pensar que a alma veio para a encarnação para “aprender lições”. Acredito que viemos para ter uma miríade de diferentes experiências e que estamos a serviço de um Plano Maior.
 
Penso que a alma é dançarina aventureira (como ouvi de um dos meus mestres, Robert Happe há tempos atrás), portanto a cada momento em que a vida nos chama para uma nova dança, o melhor é abandonarmos os movimentos conhecidos que usávamos no ritmo anterior e atentarmos para a música que o momento presente traz. E rodopiar! 

Praticando para o “Gran Finale”

 

Ano passado e mais cedo este ano participei de cursos a respeito do processo de morrer. 

 
Reflexões vieram a seguir a respeito deste tema tão importante para a compreensão da vida e das danças que ela nos propõe.
 
A morte, o derradeiro e definitivo processo de transformação e, talvez possamos dizer, de cura em seu mais elevado nível, nos fascina e traz medo.
  
Mas durante toda a vida somos convidados a praticar a dança da transformação, a mudança, o deixar ir, o desapego daquilo a que estávamos acostumados. Parece ser esta uma das principais vivências a que somos apresentados durante a encarnação.

  

Não Tenha Medo… 

É Apenas Mudança…

 

Quando alcançamos um estado de “conforto” e “estabilidade” logo a vida apresenta uma nova experiência onde devemos deixar ir algo, ou alguém que fazia parte deste ilusório momento onde tudo parecia estar em seu perfeito lugar no palco que a vida é.
  
Às vezes são os filhos que já cresceram e vão embora de casa, ou os pais já idosos que vão adoecendo e falecem, o desaparecimento súbito de alguém querido e próximo, um divórcio, precisar mudar de emprego, mudança da condição material, ou as condições de saúde se transformam e há perda de mobilidade ou de aspectos da independência e da liberdade…
  
Temos medo ou pânico, nos entristecemos ou deprimimos, nos revoltamos, sentimos raiva de Deus, entramos em estado de stress. 
  
Sabina Pettitt, produtora das Essências do Pacífico, em seus cursos sobre Perdão nos conduz através de um Mantra/Canção que diz algo assim: “não tenha medo… é apenas mudança…”  

 

 

 
Algumas essências florais que nos conduzem com gentileza pelas travessias da vida

   

   

 

  • Chrysanthemum (Califórnia) – para desapegar da forma material conhecida
  • Angel’s Trumpet (Califórnia) – para entregar-se ao novo ou ao Plano Divino para a sua vida
  • Bottlebrush (Austrália) – para deixar ir aquilo que já não cabe mais em seu novo momento, ajuda muito na síndrome do “ninho vazio”, quando os filhos saem de casa 
  • Pink Angel’s Trumpet (Experimentais da Califórnia) – ativa a gratidão pelo que foi vivido em contra ponto à dor da perda
  • Bauhinia (Austrália) – para aceitar/abraçar o novo, o diferente do que se imaginou
  • Bleeding Heart (Califórnia) – acalma e conforta a dor da saudade
  • Tidal Forces (Ambiental do Alaska) – traz a consciência de que a vida está em constante mudança, ela vem em ondas e temos a habilidade de surfar
  • Angelica (Califórnia/Alaska) – ativa a conexão com o Plano Superior para a nossa vida e com o Reino Angélico
  • Echinacea (Califórnia) – traz a habilidade da resiliência, de nos sentirmos inteiros novamente depois de um processo de transformação importante
  • Borage (Califórnia) – para recobrar a alegria e a leveza após perdas e luto
  • California Wild Rose (Califórnia) – fortalece a conexão, o amor e o entusiasmo pela vida encarnada
  • Glassy Hyacinth (Califórnia) – por vezes a vida é dramática e drástica quando nos propõe mudanças e transformação, mas Glassy Hyacinth desperta em nós o potencial da Fênix e podemos ressurgir das cinzas!

 

 
São tantas aessências que podem ser úteis em tempos de mudança! As flores são bálsamos poderosos que acordam em nós a capacidade de aceitar, a habilidade de lidar com a nova situação, a disposição e a criatividade para a dança da vez!

 

 

  

 

Cynthia Accioly Abu Asseff  

é terapeuta floral e educadora na área de estudos das essências florais;dirige a Essências Florais, importadora de florais e organizadora de eventos nacionais e internacionais sobre terapia floral. Professora convidada da Pós Graduação em Terapia Floral da Faculdade de Enfermagem da USP, da UFRJ e Anhembi Morumbi. Coordena também os grupos de professoras autorizadas da Flower Essence Society e das Bush Flower Essences of Australia no Brasil

  

Crédito das imagens:

 

Chrysanthemum, Borage - fotos de Richard Katz

Bottlebrush – foto de Ian White

Tidal Forces – foto de Steve Johnson

Floral Sem Stress – Depoimento
Por Carolina Alberti

Eu estava prestes a me casar! Ao mesmo tempo em que me sentia feliz por estar realizando um sonho, os momentos de tensão foram inevitáveis! Cerimônia, festa, obra no apartamento e o medo de sair da casa dos meus pais, me faziam perder o sono, a fome e por vezes a paciência também! Sem dúvida: EU ESTAVA ESTRESSADA!

 

Um mês antes do meu casamento, descobri para minha alegria (e de todos ao meu redor) as ESSÊNCIAS DO ALASKA! Ao me deparar com os tipos de florais, li um pouco a respeito de todos, mas com certeza naquele momento eu precisava (urgentemente) do SEM STRESS. 

 

A partir deste dia, as coisas mudaram! Acreditem! É bem difícil descrever sensações, mas uma leveza tomou conta de mim! Continuei com força total em todas as tarefas, porém tudo ficou mais fácil e a maneira como resolvia os conflitos que apareciam mudou. Meu sono voltou (principalmente quando eu aplicava no meu quarto antes de dormir) e a fome também!

 

No dia da noiva, levei o floral comigo e fez sucesso porque ninguém imaginava que eu ficaria calma nos momentos que antecederam a cerimônia.

 

Após o dia mais feliz da minha vida, iniciei minha rotina de casada e o SEM STRESS ainda me acompanha, principalmente quando estou muito atarefada e o sono teima em desaparecer. 

 

Agradeço as ESSÊNCIAS DO ALASKA, por me proporcionar uma experiência com florais tão incrível!

 

Abraços 

 Até 14/07/14, preço promocional na compra do Floral Sem Stress 
para quem mencionar a promoção ”Boletim de Outono” 
de R$26,00 por R$16,10
 

 Para adquirir este floral com desconto, ligue para:     11 5531-7518 ou envie e-mail para  

 

 

 
 
Crédito das imagens: Revo Produções

Cuidando dos animais – Entrevista com Andrea Freixeda 

Andrea retrato
 
Andrea Filomena Freixeda é Bacharel em Biologia em Licenciatura CiênciasBiológicas pela Faculdade Profº Carlos Pascolale/ Unifeo, Formação em Terapia Comportamental Humana e Animal, Perícia Ambiental pela INESP e Curso e Pesquisa orientada pela Flower Essence Society - Nevada City / California , USA   
Atuante desde 1983, vem desenvolvendo trabalhos de bem estar animal como protetora. Profissionalmente realizou trabalhos em diversas entidades como clínicas veterinárias, zoológicos e criadouros municipais, estaduais e particulares nos trabalhos de manejo e terapia em animais silvestres e exóticos. Em 1996 criou o espaço Biofauna, o primeiro em Osasco com centro de Educação Ambiental para escolas da região. 
Andrea Freixeda ajudou Steve Johnson a criar o primeiro floral para animais: Animal Care das Essências do Alaska.

 

EF – Como foi que em sua carreira de bióloga você escolheu este trabalho de devoção para com os animais? E como foi que os florais entraram nesta história?

AndreaDesde pequena SEMPRE me deparei com animais necessitados, então a vida só me preparou para estar mais profundamente direcionando a essa necessidade de estar sempre ajudando… é mais forte que eu. Quando ainda na faculdade conheci a Medicina Chinesa, me formei Acupunturista no CEATA – SP, conheci a medicina vibracional e junto os maravilhosos Florais, desde lá, não deixei mais de usá-los.

 

EF – Você tem usado os florais cuidando também dos profissionais da polícia que atuam na recuperação de animais que iriam ser traficados. Por favor compartilhe um pouco conosco dessa sua experiência.

AndreaA Biologia, Terapia e os trabalhos junto a Polícia somam-se. Assim como num resgate de animais vítimas de circo, onde a energia é muito pesada, numa atuação contra o tráfico em locais ilícitos, a energia é muito desclassificada, o sofrimento dos animais cria revolta, mesmo nos mais experientes profissionais, sejam policiais, técnicos ou voluntários. Os florais nesse momento são muito importantes, pois nos ajudam a entrar em sintonia com a LUZ e assim seguir nosso trabalho sem interferências negativas, ajudam manter o FOCO!!!

 

EF – Uma grande parte do seu trabalho é voltado para a educação de crianças a respeito da necessidade de cuidarmos dos animais, por favor nos conte um pouco sobre esta sua área de trabalho:

AndreaA educação ambiental é o término de uma etapa onde a prevenção fará toda diferença na vida futura. As crianças absorvem mais rapidamente esta nova consciência e geralmente levam a ideia de preservação para casa, mudando a visão da família. Toda vez que dou uma palestra, antes geralmente borrifo floral no ambiente.

 

EF – Por favor conte um pouco aqui quais são as situações mais comuns que você encontra no seu dia a dia cuidando dos animais e quais os florais mais usados nestas situações:

AndreaUso florais em todas as situações de desarmonia, seja na doença, no abandono, nas ações de resgate de grandes felinos, nos procedimentos com os animais, onde há uma equipe de profissionais trabalhando, ou antes de aulas que são dadas aqui na Biofauna sobre manejo ou terapia para animais. As linhas de florais que mais uso são as do Pacífico, Califórnia,Austrália e Alaska, principalmente Animal CareGuardian. Inclusive tenho um gato Bengal de 16 anos que foi batizado de Guardian quando chegou à Biofauna, em homenagem ao Floral Guardian.  

  

 

 
 
“Estava no Rancho dos Gnomos onde trabalho e uso muito essências florais porque ajudam muito na radiestesia. Tirei essa foto pra você, Cynthia!! Beijos, obrigada pelo carinho que você e todos das Essências Florais sempre tiveram comigo e com meu trabalho, somos da mesma tribo, AMO VOCÊS!!! ”

  Andrea Freixeda

  

Você pode conhecer melhor o trabalho de Andrea Freixeda no link:  

Biofauna

 

Pão e Poesia – por Thais Accioly      

 

“Na paisagem interior da alma, existe uma alentadora e melodiosa voz da liberdade sempre chamando por nós. Ela nos encoraja a ampliar os limites da integração…não existe cárcere para a alma.”

John O’Donohue – Ecos Eternos

 

Há uma característica admirável, facilmente percebida, e que indica quando a cura através do uso das essências florais aconteceu: o surgimento de uma alegria genuína, de um sentimento de bondade e ternura crescentes e o desejo de ser útil, segundo o Dr. Edward Bach.

 

Toda e qualquer uma das muitas essências florais “ao acalmar, aliviar nossas preocupações, nossas ansiedades, nos aproximam da Divindade”, ensina Dr. Bach.

 

Para o Dr. Bach não adiantava apenas suprimir a doença ou o sintoma que incomodava o paciente, deveria o tratamento oferecido auxiliá-lo a resgatar a conexão com sua parte transcendente, com aquilo que em si o ligava à todas as vidas, à natureza e ao Universo, com o Criador, com o seu Divino Interior.

 

E isto torna a Terapia Floral um tremendo recurso para aqueles que desejam além da promoção da saúde, viver uma vida de mais significado, em conexão com a voz de seu coração.

 

Mas quem vem ao consultório de Terapia Floral nem sempre sabe que existe essa opção de bem viver, promotora de muita serenidade e mais saúde. 

 

Via de regra chegam no consultório de Terapia Floral motivados pela necessidade de cuidar de estados de ansiedade, de insônia, de tensão, de tristezas ou da exaustão.Descrevem sua rotina como sendo enfadonha, e costumam não entender bem por que se encontram em tal estado mental e emocional, afinal “fazem tudo” o que pensam que precisa ser feito em busca do bem estar.     

  

Muitos dizem que se sentem ocos por dentro, que levam uma vida sem poesia, sem alma, que se sentem vazios e que mantém os laços afetivos ou profissionais por medo ou inércia, mas que estes não lhes causam sentimento.

 

É como se por dentro tivessem se tornado frios e inacessíveis. Agem como máquinas, produzindo apenas por produzir ou motivados pelas necessidades sociais, familiares, porque aprenderam que isso é viver, que isto é o que se deve fazer para estar bem.

 

Mas descobrem que na prática não é bem assim!

 

Pessoas criadas e educadas ouvindo o mantra de que a felicidade e o bem estar seriam encontrados no sucesso, na fama, com muito dinheiro, poder e reconhecimento, rumam certeiros para o desapontamento, porque ao pegarem o pote, dito de ouro, constatam que está vazio. Isto porque uma vida voltada para os interesses físicos e materiais (sexo, ganho financeiro, culto ao corpo, poder) esvaziam a vida de seu significado maior, do Sagrado, e ela se torna rapidamente insípida, entediante, fria, melancólica.  

 

Todos precisamos de pão e poesia na mesma medida.

 

O olhar da Terapia Floral, nessa hora, ao invés de buscar o alívio do sintoma ou da queixa que motivou a consulta (seja ela ansiedade, tensão, insônia, ou outra), busca trazer à tona aquilo que poderá fazer o coração voltar a pulsar no ritmo da vida, da inspiração.

 

E quando se volta a viver/ser no ritmo de sua vibração essencial, aos poucos, vai-se percebendo mais alegre, mais afetivo com os companheiros de vida, mais paciente no trabalho, mais esperançoso frente a vida, mais positivo. E logo o colorido retorna à rotina diária, trazendo novos contornos de busca pessoal, para além da vida única e exclusivamente voltada para posses, sucesso, prestígio.  

   

Alguns passam a atuar mais no mundo em que vivem descobrindo formas de contribuir, agradecer ou servir aos demais.

 

A saúde melhora como um todo, porque ela anda por onde flui o amor, por onde o encantamento pela vida está presente, bem como a alegria de viver.

 

E encontrando esse fio condutor da saúde segue-se um tratamento, abençoado pelas essências florais fortalecedoras do intercâmbio alma – personalidade, tecendo, costurando, bordando, com os fios de afeto íntimo, legítimo, sagrado, verdadeiro, os caminhos da própria cura pessoal, que sempre é de reconexão do coração amoroso, esperançoso, terno, pacífico, com a mente e atitudes, na busca de maior integridade e de uma vida de mais coerência e dignidade.

 

Aquele estágio final, descrito pelo Dr. Edward Bach, e citado no início deste texto, também encontra amparo na descrição de Patrícia Kaminski, no livro Flores que Curam, quando discorre sobre o quarto estágio de cura da Terapia Floral, a que dá o nome de Reconstelação. Nesse estágio níveis muito profundos de superação, integração ou transcendência acontecem, para além do alívio


dos sintomas e queixas iniciais. E se ele é o estágio final é também um Portal para o início de uma nova jornada, de mais liberdade e de maior responsabilidade, quando mais autênticos seguimos um chamamento íntimo de nossa própria guiança espiritual, alinhados com nosso “GPS” interno, e aí são tempos de possibilidades infinitas.

 

Mas até que cheguemos nele há espaços a percorrer. Onde abrir mão de ilusões, máscaras, subterfúgios e artifícios de auto disfarce, de tensões e ansiedades, medos, ódios, mágoas, vitimismo, orgulho, preconceito, egoísmo e de tudo mais que nos separe de nossa verdade maior e de nosso destino real é necessário, para que despindo o velho jeito de ser possamos estar frente ao nosso verdadeiro Eu.

 

E a Terapia Floral é uma escolha segura, e nos auxilia a lançar uma luz, como que a de um farol, a nos guiar rumo a esse nosso Eu desconhecido.

 

Neste outono de 2014, tempo de colheita de frutos e grãos, há um convite que vem da natureza para todos nós, que celebremos nossas vidas, renovando o olhar, reconectando-nos com a paz que vem do simples, do silêncio interior, resgatando o gosto pelo sabor da vida em todas as suas miríades de cor, de textura, paladar e forma, para podermos nos reconectar com a fonte inesgotável de bem estar e alegria. E como ensina Dr. Edward Bach: “A vida não exige de nós sacrifícios impensáveis;pede-nos somente para fazermos a viagem com alegria no coração e para sermos uma benção para aqueles que estão ao nosso redor. Assim, se deixarmos o mundo apenas um pouquinho melhor do que era antes de nossa visita, então teremos cumprido nossa tarefa. “

 

   

      Thais Accioly, experiente Terapeuta Floral, professora autorizada da Flower Essence Society e da Australian Bush Flower Essences no Brasil. Dá aula também nos cursos de pós graduação em terapia floral na USP e na Faculdade do Hospital Albert Einstein. 

Autora do livro O Desafio da Terapia Floral – Editora Livrobits

Veja outros artigos de Thais Accioly acessando seublog sobre Terapia Floral e Cultura de Paz 

Pérolas do nosso Facebook

A Essências Florais mantém no Facebook 5 grupos de conversa sobre terapia floral!

 

Por vezes encontramos preciosas pérolas dentre os comentários nas publicações dos terapeutas que participam dos grupos.

 

Nesta sessão do nosso Boletim vamos sempre compartilhar algumas dessas pérolas!  

 

Green Bells of Ireland e a Passagem da Morte 
Daniela Wahlers, no grupo Terapeutas Florais – Ponto de Encontro, trouxe um assunto importante gerando uma boa conversa sobre a passagem da morte. Conversando sobre o tema e do entendimento de quem fica, surgiram vários comentários interessantes, mas a terapeuta floral Mara Moreira trouxe um insight muito revelador da abrangência do trabalho do floral Green Bells of Ireland das Essências do Alaska. “…vejo que esse maravilhoso floral traz a inteligência para compreender a natureza, e a morte é algo perfeitamente natural. Eu sempre uso a natureza como exemplo do morrer, da transformação e do renascer. Os novos brotos cheios de vida confirmando o ciclo do contínuo renascimento. Essa metáfora tão real traz um nível de compreensão da morte suavizando a alma que sofre a perda do seu ente querido, principalmente quando sua conexão com o mundo material é mais intensa”

Gratidão, Mara e Daniela queridas!!!  
 
Clique na foto para saber mais sobre esta importante essência floral
 
Você também pode solicitar sua entrada nestes grupos! Aqui estão os links:

 

 

 

 

 

 

 Crédito da imagem

Green Bells of Ireland: Steve Johnson

Florais da Califórnia – Qual o seu favorito?

O Encontro Nacional dos Florais da Califórnia que aconteceu em maio em São Paulo foi uma maravilhosa experiência de aprofundamento na compreensão do Universo da Alma Humana e de como as essências florais tocam e transformam as múltiplas dimensões em nós!

 

Durante o evento gravamos um vídeo com depoimentos das pessoas respondendo a pergunta: “Dentre os Florais da Califórnia qual o seu favorito, e porque?”
 

  

Fale conosco
Essências Florais                                              
Rua Álvaro Rodrigues, 416 – casa 1 – Brooklin
04582-000 – São Paulo – SP
11 5531-7518