Introdução à Mostra Histórica

(Transcrição de palestra apresentada em todo o Brasil em 2006 por Cynthia Accioly Abu Asseff, na Mostra Histórica das Essências Florais)

Apenas uma vasilha de vidro ou cristal transparente, cheia de água pura de fonte, recoberta de flores frescas e deixada sob a luz do sol por algumas horas.
Que cura podem nos oferecer verdadeiramente, remédios preparados de forma tão simples, no laboratório da natureza?

Água, Fogo, Terra e Ar : – Que elixires maravilhosos são esses que trazem em sua composição extra material as forças intactas desses 4 maiores formadores e transformadores de tudo que conhecemos no plano da Terra?
Elixires preparados com flores de plantas silvestres, em espaço de tempo tão singular como é o auge de sua florada, em manhãs mágicas e alquímicas quando as flores ainda se encontram plenas de orvalho.

Preparo do floral da Pink Monkeyflower

Preparo do floral da Pink Monkeyflower – foto Richard Katz

Quem foi esse homem – Edward Bach – que há quase 80 anos atrás deixou seu lugar de prestígio e de conforto, de médico renomado que era em Londres e partiu em busca de uma revolucionária modalidade de cura que tinha como fonte flores singelas?

Mas esse homem de espírito investigador, o patologista, o homeopata, o cientista – Edward Bach – imbuído de certeza e propósito podemos dizer fulminantes, teve a coragem de rejeitar o conhecido para ir em busca do verdadeiramente essencial.

Certamente o Dr Bach foi influenciado por suas raízes celtas e seus conhecimentos iniciáticos, mas foi a combinação de sua compaixão e compreensão do sofrimento humano, seu imenso amor pela natureza em suas múltiplas expressões, e sua obstinação pela cura que certamente o levou a criar uma modalidade completamente nova de cura e a construir uma nova visão de saúde.

Saúde para o Dr Bach,- nosso direito inato -, significa estarmos em harmonia com a nossa natureza superior. Ou seja, a personalidade alinhada com a alma, expressando plenamente as qualidades ou virtudes da alma.

Quando a personalidade resiste, ou insiste em fazer escolhas que não estão em alinhamento com os ditames da alma, as nossas qualidades superiores permanecem adormecidas, esquecidas ou impedidas de expressão.

A medicina alopática tão verdadeiramente importante com todos os seus recursos tecnológicos, pode ser considerada uma medicina heróica, como diz a Patricia Kaminski, produtora dos Florais da Califórnia. Heróica por essa característica de que há sempre uma ação externa (de um medicamento, uma cirurgia) que nos salva da doença e até da morte.

A medicina homeopática age em nosso sistema por semelhança, isto é, o remédio homeopático traz em si características semelhantes aos sintomas apresentados pelo indivíduo enfermo.

As essências florais tocam diretamente as qualidades intrínsecas e inerentes de nossa alma. Os Florais acordam, enriquecem, fortalecem, facilitam os caminhos de expressão dessas nossas qualidades ou virtudes em nossas vidas através de nossas personalidades.
Dessa forma, como já compreendia o Dr Bach, “a doença derrete, como a neve sob a luz do sol”.
Quando Edward Bach escreveu Os Doze Curadores, antes de dar ao seu texto este nome, ele o chamou de “Venha para a Luz do Sol”.

Deixou em seus escritos muito clara descrição de como preparava suas essências florais, quais eram as espécies botânicas específicas que ele utilizou, e até mesmo onde encontrá-las e em que época do ano estariam em flor.
Em seu texto Liberte-se, escrito em 1932, Dr Bach sugere até que as pessoas pudessem preparar suas próprias essências florais das flores nos campos.

Hoje em dia os florais ainda são preparados como no tempo do Dr Bach: encontra-se a planta em flor, crescendo em local onde as forças elementais se encontrem preservadas e potentes. Cobre-se com as flores uma vasilha de vidro cheia com água pura de fonte ou córrego. Deixa-se sob a luz do sol pleno das primeiras horas da manhã. Logo antes que as flores comecem a murchar elas devem ser retiradas da vasilha.
A esta água deve ser acrescentado o mesmo tanto de brandy (conhaque de uva). Desse preparado pode-se usar uma única gota para fazer os frascos que chamamos de “estoque” ou “concentrados” que encontramos nas farmácias ou com os terapeutas florais.

Em palestra proferida em fevereiro de 1931 a respeito dos florais, Dr Bach disse:
“A ação dessas essências eleva nossas vibrações e abre canais para a recepção de nosso Eu Espiritual, inundando nossas naturezas com aquela virtude que necessitamos para transformar a falha que está causando a desarmonia. Tais elixires, como a mais bela música podem elevar nossas verdadeiras naturezas, aproximando-nos de nossas Almas e, através disso, trazer-nos paz e alívio para o sofrimento.”

O Dr Bach disse também numa outra ocasião que “Na natureza buscamos confiantemente tudo aquilo que precisamos para continuarmos vivos – ar, luz, alimentos, água, etc.. Assim é improvável que no Plano Maior que tudo nos fornece, a cura de nossas doenças e aflições tivesse sido esquecida”

A Mostra Histórica sobre as Essências Florais nos levará a fazer um mergulho na história da vida do Dr Bach, usando para isso muitos dados e fotografias que foram pesquisados pela terapeuta floral Regina Oliveira.
Vamos olhar para o projeto original que levou o Dr Bach a buscar uma nova modalidade de cura.
Vamos ver algumas flores de Bach!
Saber o que aconteceu após a passagem de Edward Bach para a dimensão maior. A criação da Fundação Edward Bach e do hoje conhecido Bach Centre muitos anos depois de seu falecimento.
Viajando bem adiante no tempo, para compreender que apesar dos apelos do Dr Bach para que fosse dada continuidade a sua obra, somente nos anos 70, mais de 40 anos após o início da pesquisa de Edward Bach, é que surgem no novo mundo os pesquisadores de novas essências florais.
Temas importantes dos tempos atuais são tocados por esses novos florais.
Dando seqüência à evolução dessa nossa modalidade de cura vamos adentrando a década de 80 com o surgimento de inúmeras novas linhas de essências florais e no final dessa mesma época a chegada dos florais ao Brasil.
Na década de 90 surge a maioria das linhas de florais nacionais mais conhecidas e as empresas importadoras, distribuidoras e os representantes regionais, todos voltados para a organização dos eventos educacionais nacionais e internacionais a respeito de florais e de terapia floral.
Vamos falar dos trabalhos que existem atualmente no Brasil utilizando florais incluindo as atividades assistenciais, as faculdades que já oferecem cursos para terapeutas florais e das pesquisas acadêmicas.
Em meio a tudo isso nós vamos ver e falar de muitas flores, vamos brincar, vivenciar e expandir a nossa compreensão dos florais e da terapia floral!

Transcrição de palestra apresentada por Cynthia Accioly Abu Asseff na Mostra Histórica
A Mostra Histórica sobre as Essências Florais foi apresentada em várias cidades do Brasil durante o ano de 2006, por ocasião dos 70 anos da passagem do Dr Bach