Ver Galeria

Nigrum – Minas

Solanum nigrum (Mill.) O.E. Schulz

Nome Popular: Erva-moura

Família Botânica: Solanaceae

Qualidades Resumidas: Colabora na “cicatrização” de traumas e feridas psíquicas e espirituais, e na atenuação dos sofrimentos decorrentes.

Deve ser empregada por aqueles que carregam marcas dolorosas da gestação e do parto, sejam elas no corpo, mente ou espírito. É útil às pessoas com deficiências congênitas ou adquiridas e que se revoltam com a própria condição.

É recomendável aos deficientes mentais, às pessoas de índole histérica, às vítimas periódicas de estados obsessivos, e como coadjuvante no tratamento das neuroses e psicoses em geral.

Nigrum colabora para uma síntese interna acerca do longo percurso evolutivo da alma, integrando passado, presente e futuro, numa visão unificada e coesa da realidade existencial.

Ajuda a clarificar interna e subjetivamente a razão do isolamento, do sofrimento e da dor, trazendo consolo e aceitação para razões que fogem à capacidade de entendimento humano. É indicada àqueles que se sentem “estranhos” em qualquer lugar do mundo e em qualquer época, em razão de terem sido “forçados” a esquecer a verdade última que justifica suas vidas.

A essência floral é recomendada àqueles cuja trajetória, principalmente durante a gestação, nascimento ou infância, está marcada pelo trauma, pela dor e pela perda prematura da pureza e inocência originais. Neste sentido, o uso de Nigrum é sugerido para vítimas de abuso, estupro, abandono e violência durante a infância.