Ver Galeria

Zinnia – Minas

Zinnia elegans Jacq.

Nome Popular: Moças-e-velhas

Família Botânica: Asteraceae

Qualidades Resumidas: Para a pessoa mau-humorada, ingrata, ressentida, amargurada e negativista, que culpa a tudo e a todos pela sua própria adversidade.

Para aquele de índole agressiva, queixosa, provocadora, rancorosa, irritável e que se sente vítima do destino ou da ação de outras pessoas, não suportando afrontas, repreensões alheias e obstáculos, e que se magoa facilmente por coisas mínimas.

Para a pessoa de caráter triste, que tende a se identificar com o lado “obscuro e sombrio” da vida, que costuma invejar a sorte alheia, que resmunga para si mesma, e que “inunda” a atmosfera circundante com suas projeções psíquicas e espirituais repletas de desapontamentos e frustrações. A personalidade precisa aprender a gozar a beleza e o encanto natural da vida, despertando a “criança interior” que todos têm dentro de si.

A essência floral permite uma conexão com planos vibratórios associados a pensamentos positivos e sentimentos alegres, desenvolvendo de modo subjacente a capacidade de reconhecer a própria responsabilidade pessoal. Em um sentido arquetípico amplo, Zinnia relaciona-se ao conflito entre as gerações, entre as idades do homem, seja ele interior (tensão interna entre os aspectos de jovialidade, amadurecimento e velhice da própria alma) ou projetado no relacionamento social (tensão entre pessoas de gerações diferentes).